Cresce o número de filmes publicitários em 2021


Sem dúvida, os dois últimos anos foram imensamente desafiadores para a indústria do audiovisual. A pandemia, e o consequente fechamento das salas de cinema e espetáculos ao redor do mundo, deixou diversos projetos parados e desempregou milhões de profissionais. Tudo isso aliado ao total descaso e falta de suporte do governo deixou a indústria em grandes apuros.

Com a controle da pandemia e a reabertura do comércio em 2021, entretanto, o cenário parece que começou a melhorar. De acordo com aApro (Associação das Produtoras de Obras Audiovisuais) e seu braço internacional FilmBrazil, a Ancine registrou 38,538 mil títulos de filmes comerciais no ano passado, observando um crescimento de 0,7% em relação a 2020.

A estimativa total de 2021 foi de US$ 32,7 milhões, sendo US$ 23,9 mi apenas no segundo semestre, o equivalente 19% a mais sobre 2020.

Um dos fatores que contribuíram para essa melhora foi, também, as produções para outros países: dos 643 projetos, 54% foram produzidos de fato. Entre os serviços exportados, o de full service foi o modelo mais exportado (34%), seguido por veiculação no exterior (26,5%), production service (23%), loan-out (7,5%) e desenvolvimento de trilhas (4%).

O papel de importância da Ancine no audiovisual nacional

Agora a gente que saber de você, que trabalha na indústria do audiovisual: como tem sentido essa retomada? E o que espera para o próximo ano?

Receba nossos artigos!
Nós respeitamos sua privacidade.